Open post

Meetup #19 Autogestão & Diversidade

Temos visto muitas iniciativas em relação a programas de diversidade e inclusão nas organizações, mas como será que os ambientes autogeridos estão tratando o assunto?

Quais empecilhos percebemos para que estes programas de incentivo à diversidade decolem?

Quais tipos de diversidade estão sendo mais trabalhados?

O que é esperado desses programas e como saber se estamos no caminho certo?

Sentiu aí? Nesse meetup fizemos um bate papo sobre essas e outras questões, com os convidados especiais:

Erik Dana - Leonino com ascendente em aquário e lua em touro. Carioca morando em São Paulo, facilita encontros, organizações e aprendizagem de forma colaborativa. Colaboração, programação, comunicação digital, tecnologia e skate o motivam!

Luiz Rodrigues, ou Lula - é um Accredited Kanban Trainer (AKT) e Flight Levels Guide. Desenvolve sistemas desde 2008. É um facilitador hábil, com uma mente aguçada que consegue atuar de uma forma leve e serena. Apaixonado por comunidades, é atuante em discussões abertas, palestrante e voluntário em grandes eventos de tecnologia e agilidade.

Samira Tavares, respirando adaptação e busca por resultados, já foi desenvolvedora, analista de negócios e até gerente de projetos no mundo tradicional. Inconformada, se encontrou na agilidade e desde então vem tentando ajudar pessoas e organizações a se transformarem. É mãe durante 100% do seu tempo, e tem a proeza de usar este tempo também para ser Agile Expert na K21. Curiosamente, Samira é provavelmente uma das poucas mulheres negras e mães agilistas que você conhece. Certo?

Theogenes Costa (ou apenas Theo) é um designer de experiência pernambucano e LGBTQIA+ que adora facilitar conexões e experiências entre/com/para pessoas utilizando ferramentas ágeis, metodologias de design e comunicação não-violenta.

Open post

Meetup #18 Escassez e Abundância na Autogestão: Novas Economias e Criptomoedas

Há alternativas para um novo paradigma social onde a lógica seja da abundância?

As novas economias tentam criar saídas para abandonarmos não só a centralização das estruturas, propondo uma lógica distribuída e autônoma, mas também dos próprios recursos; e aqui entra o papel das criptomoedas.

No entanto, como essas iniciativas conversam com a estrutura atual? Quais seus limites e desafios para, de fato, se tornarem um novo paradigma?

É o que conversamos nesse Meetup! E tivemos como convidados especiais:

Fábio Marabesi, economista, especialista em Economia do Trabalho e pesquisador em Economia Social e do Trabalho do CESIT/Unicamp. Atua há 10 anos dentro de organizações com remuneração e estrutura organizacional. Considera que a Autogestão é o caminho para as organizações e indivíduos para uma sociedade mais justa e menos opressora.

Julio Holon um desenvolvedor e facilitador de jogos para construção de uma nova cultura e economia regenerativas para a gestão de organizações, comunidades e ecossistemas. Atua hoje criando criptomoedas e contratos inteligentes na plataforma SEEDS, um dinheiro consciente para financiar o renascimento regenerativo planetário.

Open post

Meetup #17 Segurança Psicológica no trabalho

Segurança Psicológica no trabalho - Causos, Experiências e Tentativas de tornar o ambiente corporativo mais humano

Ter um ambiente seguro é condição indispensável para o desenvolvimento de equipes de alta performance. Mas, o que é essa tal de segurança psicológica e como perceber se meu ambiente é seguro?Será que a declaração por parte da organização é suficiente?

Para esta edição, tivemos como convidados especiais:

- Andréa Nery - atuou por mais de 25 anos em grandes empresas globais e tem larga experiência em liderança executiva e internacional de negócios. Uma das fundadoras da We Holon, atua com pessoas e empresas para que alcancem os resultados através do despertar da essência da sua razão de ser. Sua visão sistêmica estimula todos ao seu redor a buscar a sua melhor versão.

- Daniel Pinheiro - Filho de nordestinos, nascido e criado no litoral, é um caiçara que escolheu São Paulo para chamar de lar. Desde cedo um bom ouvinte, amava escutar histórias dos amigos e mal imaginava que essa habilidade o ajudaria a conquistar seu lugar no mundo. Começou trabalhando com tecnologia e rapidamente correu pro RH, onde se sentiu em casa pra construir uma carreira desenvolvendo gente. Hoje é facilitador de grupos, coach ontológico e acredita que o afeto vai transformar as relações e organizações.

- Eduardo Afonso - Foi cientista de quintal até os 6 anos de idade e fez engenharia para descobrir como fazer chover só nas plantas (não desistiu ainda). Escutou um sonho do amigo e criou um negócio de produção de vídeo há 30 anos e, de lá pra cá, não parou de divertir-se com novos negócios. Hoje, pai de 3, avô de uma, casado com a sócia, continua inquieto e tornou-se Designer de Comportamento Humano. PS: Não se livrou do vício de ler 10 livros por mês.

- Selena Dulcetti - formada em Psicologia desde 2018 pelo Mackenzie - Psicologia clinica e organizacional. Trabalhou em diversas organizações e ongs com projetos focados em prevenção de assédios e abusos e cuidado das vítimas, em empresas com projetos de segurança psicológica. Pós em fenomenologia crítica e Clínica desde 2018. Ativa nas discussões e grupos que estudam gênero, questões dos povos originários e LGBTQIA+ e feminismo.

Link da gravação

Open post

Meetup #16 Estratégia e Autogestão: Como descentralizar as decisões mais críticas?

Como, normalmente, se dá o processo de definição do plano estratégico de uma organização tradicional:
> Definição da missão, visão e valores
> Análise competitiva e SWOT
> Definição da estratégia
> Desdobramento da estratégia em projetos, ações e metas
> Acompanhamento mensal do plano e ações corretivas

Mas será que esse passo a passo ainda faz sentido no mundo VUCA?

Que alternativas poderíamos explorar na definição, alinhamento e execução da estratégia?

É sobre isso que falamos nesse MeetUp.

Link da gravação

Open post

Meetup #15 Kanban & autogestão: dá match?

Kanban e Autogestão, dá match?

Quando se fala em Kanban, logo imaginamos os quadros com o fluxo da cadeia de valor, a interdependência de funções, explicitação das regras e políticas, transparência de expectativas e priorizações, métricas de acompanhamento do sistema (não de pessoas), e a constante experimentação para evolução dos processos.

Na autogestão, observamos vários princípios comuns ao Kanban e os mesmos pressupostos de evolução colaborativa contínua. Então, olhando por este prisma, podemos concluir que sim, dá match! Mas será mesmo?

Existem limitações de algum destes métodos que impedem o match? Se sim, quais seriam estas limitações?

Essas questões foram tratadas no meetup!

Tivemos como convidados especiais:
- Danilo Fascio: Designer organizacional na Target Teal.
- Juliano Ribeiro: Accredited Kanban Trainer e Accredited Kanban Consultant pela Kanban University, Certified Scrum Professional, Certified Scrum Developer, Tecnólogo em Sistemas para a Internet e Especialista em Tecnologia.

Gravação do Encontro

Meetup #14 Metas e autogestão

Como funciona o estabelecimento das metas nas organizações autogeridas?

Início de ano e já começa o burburinho e a movimentação para a definição das metas coletivas e individuais na sua organização, certo?
Entra ano, sai ano e o círculo vicioso continua, mas...

> Será que esse processo de definição, monitorando e recompensa realmente funciona?
> Quais efeitos colaterais ele gera?
> Que outras alternativas poderíamos experimentar?

Esse encontro foi destinado as pessoas inconformadas com as praticas sobre metas!

Open post

Meetup #13 A visão da liderança sem o comando e controle

Liderança por propósito e não por autoridade e controle, será que rola?
Você já imaginou como é a liderança em uma organização autogerida, em que a figura do chefe desaparece e, consequentemente, o poder e o controle sobre o outro?

Mas afinal, o que é e como funciona a liderança nas organizações evolutivas? O que você pensa sobre esse assunto?

Nesse meetup debatemos estas e outras questões, compartilhamos suas percepções e ouvimos causos e perrengues de antigos “chefes” que vivenciaram, ou ainda vivenciam, a transição para o modelo autogerido nas organizações.

Convidados:
- Cíntia Santana: Co-founder e Head de Inovação da PYXYS;
- Davi Gabriel da Silva: Org Designer, Agile Coach & Culture Hacker na Target Teal;
- Fábio Marabesi: Economista especialista em relações de trabalho e facilitador;
- Marco Barón: Org Designer, culture hacker, empreendedor, facilitador e advisor na Target Teal.

Open post

Meetup #12 Como promover o princípio de integralidade nas organizações?

Quem é você no ambiente de trabalho? ou até, Quais suas partes se expressam no trabalho?

Talvez a pergunta “Quem eu sou?” seja uma das mais investigadas da história. Contudo as organizações e ambientes de trabalho muitas vezes estão na contramão dessa investigação.

Nesse encontro exploramos todo o entorno do princípio da INTEGRALIDADE.

- O que é integralidade?
- Por que as organização precisam de integralidade?
- Quais os benefícios para as pessoas?
- Como praticar e desenvolver integralidade nas organizações?

Open post

Meetup #10 Design Organizacional a partir de Princípios de Desenvolvimento de Software

Você sabia que a cultura organizacional também pode ser vista como um software social?

Nesta 10a edição dos meetups da Teal Network, abordamos como princípios do desenvolvimento de software podem ser aplicados no desenho de uma organização:

- Cultura como software social
- A necessidade de uma linguagem
- Acordos explícitos
- Enxergando acoplamento, coesão e encapsulamento em sistemas sociais

Posts navigation

1 2
Scroll to top